terça-feira, 5 de maio de 2009

* Solteira, Casada, Viúva, Divorciada" em circuito pelo Estado

Mais uma apresentação de sucesso do espetáculo: "Solteira, Casada, Viúva, Divorciada" com a atriz Maria Alves e direção de Aluízio Guimarães, na cidade de Limoeiro, no Galpão das Artes. A peça com a produção da Môlins Produções (núcleo de produção da Môlins Comunicação) do publicitário João Carlos Lins está viajando por doze cidades do estado com o incentivo do FUNCULTURA, do Governo de Pernambuco. Palmares está incluso na lista das cidades e terá as apresentações no mês de junho. Próxima cidade será Bezerros no dia 29 de abril (quarta-feira) e em seguida Vitória de Santo Antão, no dia 08 e 09 (sexta e sábado). Confira no blog as notícias, veja fotos, critique, sugira, opine... nos alimente com seus comentários. ACESSE: http://solteiracvd.blogspot.com/
João Carlos Lins
Môlins Comunicação
Fone: 81 3721-3563

* * BIANCA AGUIAR LEVA J-ROCK AO MULTISHOW


A PROMOÇÃO CONTINUA

O PROGRAMA EDGARD NO AR REPRISA DIARIAMENTE ATÉ 27/ABR/09


PARTICIPE DA PROMOÇÃO E GANHE CDs DA CANTORA

ASSISTA O CLIPE GLAMOROUS SKY NO
PROGRAMA "EDGARD NO AR"
NO CANAL MULTISHOW
E GANHE CDs
A Cantora Bianca Aguiar leva o J-Rock mais uma vez ao Canal Multishow da Rede Globo.
Assista o Clipe Glamorous Sky no programa Edgard no Ar, do Multishow – canal a cabo da Rede Globo
O programa reprisa nos seguintes dias e horários:
22/04 – 4ª feira – 18:00 h
23/04 – 5ª feira – 12:30 h
24/04 – 6ª feira – 01:00 e 07:30 h
25/04 – sábado – 15:30 h
27/04 – 2ª feira – 08:00 h
Para participar da promoção, acesse o site da Cantora pelo link abaixo, leia o regulamento e concorra:
http://biancaaguiar.wordpress.com/2009/04/16/promocao-bianca-aguiar-no-edgard-no-ar/

Valeu galera que está votando e participando ... obrigada por colocar o Clipe Glamorous Sky na página de MAIS VOTADOS

Assessoria Bianca Aguiar
(11) 2233-7531 – 8164-4883 – 8023-2829
msn:
centralfc@hotmail.com
e-mail:
assessoria@biancaaguiar.com

* Evilázio Andrade, artista palmarense, em CD!


O instrumentista Evilázio Andrade, artista palmarense, anuncia sua participação especial no cd- "Puedes Soñar", de Lua de Moraes. Trabalho inédito que foi pré lançado no dia 5 de Maio deste ano em Santiago de Chile e lançado oficialmente no dia 26 de maio de 2009.
Maiores informaçoes visite: http://www.myspace.com/evilazioandrade
*

* Apareceu a Margarida! Espetáculo na 5ª Temporada!


CIA TEATROFÍDICO
e
PROJETO USINA DAS ARTES
apresentam
APARECEU A MARGARIDA
de
Roberto Athayde

5ª TEMPORADA DE SUCESSO DE 02 A 31/05/SALA 302/USINA DO GASÔMETRO/20H


BIOGRAFIA


Roberto Athayde,estuda composição musical na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos. Em 1973, aos 23 anos, surge de modo fulminante no panorama teatral com o monólogo Apareceu a Margarida, interpretado por Marília Pêra e com direção de Aderbal Freire Filho (Aderbal Jr.). A imagem da tirânica professora que usa um amplo leque de recursos, desde a sedução e a chantagem, passando pela demagogia, até a repressão aberta, para maltratar a sua turma de alunos e envolvê-los no seu universo de desvario, fornece uma metáfora de impacto para representar criticamente a insidiosa violência da ditadura, então instalada no país. Mas a peça sustenta-se independente da leitura política, e nem se pode afirmar que tenha sido escrita com vistas a esse tipo de interpretação, que é priorizada com maior ênfase na remontagem de 1978, também dirigida por Aderbal Freire Filho, e com Marília Pêra no papel de Dona Margarida. "A virulência do humor revelado pelo jovem autor não encontra paralelo nos palcos da época; e o clima do absurdo que caracteriza o delírio autoritário da protagonista confere à peça um real fascínio".

1 Desde então, Apareceu a Margarida torna-se uma das peças nacionais mais representadas no país, com um número incontável de encenações, como também montagens representativas no exterior.Outros textos de Roberto Athayde são encenados, embora sem o mesmo destaque. Um Visitante do Alto - uma anedota de ficção científica - e Manual de Sobrevivência na Selva - uma tentativa de reflexão existencial a partir do enfoque de quatro sobreviventes de um desastre de avião perdidos na Floresta Amazônica - integram, em 1974, uma experiência de teatro de repertório de um grupo criado por Aderbal Freire Filho, o Grêmio Dramático Brasileiro. Os Desinibidos, uma visão crítica da psicanálise, novamente parceria entre Athayde e Aderbal Freire Filho, é montado em 1983. O próprio autor dirige, em 1984, Crime e Impunidade, que ele define como uma "tragicomédia de costumes". No Fundo do Sítio, um insólito diálogo entre duas pessoas que foram amigas na infância e se reencontram quarenta anos depois, tem uma montagem em Londres, em 1976. O universo, próximo do teatro do absurdo, mas caracterizado por uma ambigüidade que não assume as reais características desse gênero teatral, aparece particularmente nítido nesse texto, mas está também presente nas outras obras do autor.

Roberto Athayde tem alguns textos inéditos:

O Reacionário, 1971;

A Viagem ao Oriente, 1984;

Carlota Rainha, 1994;

A Arquiteta e o Rei do Ladrilho, 1988;

Os Quatro Pilares da Decência, 1991;

Dom Miguel, Rei de Portugal, 1998;

A Grande Visita, 2000, além de outros escritos em inglês. Em 1986 faz a adaptação de O Mistério de Irma Vap, de Charles Ludlam, para a montagem de Marília Pêra, interpretada por Marco Nanini e Ney Latorraca, que se transforma num grande êxito de bilheteria. Publica volumes de contos e poemas. Desde o sucesso de Apareceu a Margarida, passa boa parte do tempo fora do Brasil. Nessas viagens, faz breves experiências como ator em Roma e Nova York, cidade onde também dirige, em 1978, no centro experimental La MaMa, uma versão de Reveillon, de Flávio Márcio.


Renato Del Campão, autor – igualmente , ator e diretor teatral, artista local e profissional reconhecido há 30 anos no mercado artístico-cultural , detentor de alguns prêmios significativos e inúmeras vezes indicado – principalmente à categoria Melhor Ator/Troféu Açorianos – celebra sua maturidade artística com seu primeiro monólogo, um texto ácido – que não é de sua autoria – mas ao seu gosto e suficientemente genial, assistido por gerações e revisitado pela ótica do também diretor Eduardo Kraemer (orientador cênico da CIA TEATROFÍDICO, detentora de seis títulos em seu curriculo e, que mais recentemente, realizou uma adaptação ao lado DEL CAMPÃO, O ANJO EXTERMINADOR, de Luis Buñuel ).
Sob forma de monólogo, retrata um dia na sala de aula da professora Dnª Margarida, narrando fatos da vida a alunos pré-adolescentes. Apresentada de forma tragicômica, mesclando o real e o imaginário, a peça critica a política e o comportamento – inclusive do panorama atual – envolvendo a platéia, que torna-se parte da peça como se fossem alunos e a professora expressa as suas opiniões através das disciplinas curriculares de forma alegórica e, ao mesmo tempo, autoritária.

RENATO DEL CAMPÃO FOI INDICADO AO TROFÉU AÇORIANOS 2008 DE MELHOR ATOR
SERVIÇO :
o que ? APARECEU A MARGARIDA
quando ? de 02 a 31 de maio de 2008 , as 20H
onde ? sala 302 ( terceiro andar ) da USINA DO GASÔMETRO
temporada ? sábados e domingos
ingresso ? R$15,00 (inteiro) R$7,00(estudantes, idosos, classe artística)
FICHA TÉCNICA :
Autor – ROBERTO ATHAYDE
Atuação – RENATO DEL CAMPÃO ( Dona Margarida ) e JAIRO KLEIN( aluno)
Direção, Cenografia , Iluminação e Sonoplastia – EDUARDO KRAEMER
Figurinos – ANTONIO RABADAN e CURSO DE DESIGN DE MODA E TECNOLOGIA DA FEEVALE
Realização – CIA TEATROFÍDICO
DIVULGAÇÃO:96568341/99829283/
edu.kraemer@gmail.com/rcampão@bol.com.br-- EDUARDO KRAEMERCIA TEATROFÍDICO

* O pernambucano Armando Lobo oferece aulas-shows


"Armando Lôbo é um antropófago musical. Um disco para poucos e raros"
Marcelo Pereira - Jornal do Comércio (Pernambuco)

“O músico pernambucano atua longe dos clichês da música popular cansada; reelabora ritmos, discute falsas simetrias, reverte versos, reveste roupagens...Traz o que há de mais caro e raro em 2008: dicção própria”.
Sérgio Molina – Folha de São Paulo (São Paulo)

"Provocador"
Leonardo Lichote - O Globo (Rio de Janeiro)

"Armando Lôbo ataca a mesmice e provoca o que há de melhor desde a geração Mangue Beat"
Luiz Felipe Reis - Jornal do Brasil (Rio de Janeiro)

"Vulgar & Sublime é um dos melhores exemplos de criatividade musical dos últimos tempos"
Toninho Spessoto - Blog Acordes (São Paulo)

“Armando Lôbo, como já fez em Alegria dos Homens, CD de 2002, expande suas possibilidades musicais e cria deliciosas estranhezas.”
G Indica – Jornal Gazeta do Povo (Curitiba)





* Solidariedade deve está acima das negociatas políticas e econômicas!




Mahamoud Ahmadinejad e sua coleção de amizades com Presidentes latinoamerianos: Evo Morales da Bolívia, Hugo Chávez, Venezuela e Rafael Correa, Equador. Falta Lula na sua coleção.

Ele aguardará momento propício para vir ao Brasil. A situação dele não é boa, no país onde reside, onde sofreu um duro golpe, quando o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, o repreendeu publicamente e desfez uma medida adminsitrativa tomada por Ahmadinejad, fazendo retornar ao posto Mostafa Khaksar Qahroudi, chefe da organização da peregrinação a Meca, que havia sido afastado pelo presidente.
No Brasil, comunidade gay e judeus fizeram passeatas contra o Presidente iraniano. Basearam-se nos desrespeitos aos Direitos Humanos naquele país. Será que vale a pena manter relações diplomáticas e comerciais com um povo que desrespeita os Direitos Humanos? Vejamos alguns fatos onde se fundamentam os manifestos contra o Governo iraniano:
Um dos grandes absurdos ocorridos no Irã nos últimos dias, foi o enforcamento de uma mulher condenada por assassinato quando ainda era menor de idade, anunciou neste sábado (02/05) o advogado dela. A execução desencadeou denúncias de grupos de defesa dos direitos humanos contrários à aplicação da pena capital a criminosos juvenis.

A execução de Delara Darabi, de 23 anos, ocorreu na sexta-feira no norte do Irã sem que o advogado dela tivesse sido notificado nem que a família da prisioneira pudesse estar presente. Provavelmente, a pressa para a execução, foi para evitar protestos e pedidos de perdão para a jovem quando da visita do presidente ao Brasil. Ele queria chegar por aqui, com essa questão já consumada. A jovem tinha 17 anos, em 2003, quando o crime pelo qual acabou condenada foi cometido. Delara inicialmente confessou o assassinato de uma prima de seu pai, quando tentava realizar um furto junto com o namorado Amir Hossein, 19 anos. Posteriormente, esclareceu ao juiz que sua confissão era falsa, estava tentando proteger o namorado, (condenado a dez anos de reclusão por cumplicidade) que havia assegurado que ela não seria executada porque era menor de idade.

No processo consta que os peritos, comprovaram não ter sido ela a autora do golpe de punhal que matou a vitima, por ser ela canhota e enquanto o ferimento foi causado por alguém destro.
Pelo furto e intimidade com o namorado, já havia sido castigada com 70 chicotadas, 50 pelo furto e mais 20 pelas relações amorosas com o namorado. A jovem não sabia que pela “charia”, o código de leis do islamismo, por onde se rege a justiça iraniana, uma menina é considerada adulta com nove anos e um menino com 15.

Na verdade depois que a Corte Suprema confirmou a condenação a morte em 2007, a única chance legal para Delara Darabi seria a família da vítima, - sua prima -, aceitar uma indenização em dinheiro. O pai da condenada chegou a fazer uma oferta, mas não houve aceitação. Os pais ficaram sabendo da execução porque, momentos antes do enforcamento, Delara recebeu autorização para telefonar para os pais.

"Mãe, eu enxergo a forca e o carrasco daqui. Eles vão me executar. Salve-me, por favor", teria dito a jovem no telefonema. Quando a família chegou à prisão, no entanto, as autoridades penitenciárias não permitiram que Delara recebesse uma última visita. De acordo com a Anistia Internacional (AI), o Irã é o país que mais executa delinquentes juvenis.

Apesar de a maioria das execuções serem realizadas por enforcamento, a lei iraniana também permite o apedrejamento em casos de adultério ou incesto.
Mesmo o enforcamento é praticado diferentemente de outros países, que aplicam o método em que o pescoço é quebrado e o condenado morre instantaneamente.
No Irã, a pessoa é levantada lentamente por um guindaste e sofre vários minutos antes de morrer asfixiada. Também já houve casos em que o jovem condenado não tinha completado 18 anos no momento da execução, como Atefeh Rajabi, (foto ao lado) que foi enforcada aos 16 anos, por cometer "atos incompatíveis com castidade", por ter tido relações sexuais com um homem mais velho, e por ter removido o hijab (o lenço utilizado pelas mulheres para cobrir a cabeça) enquanto discutia com o juiz no tribunal.
A adolescente foi enforcada em um local público em agosto de 2004, pelo próprio juiz que a condenou, e seu corpo ficou pendurado durante dias para servir de exemplo a adolescentes que cometessem atos considerados incompatíveis com a castidade.
A Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança, da qual a república islâmica é signatária, proíbe a aplicação da pena de morte a pessoas que cometeram crimes antes dos 18 anos de idade.
Solidariedade é importante. E está acima das negociatas políticas e econômicas, Sr. Lula!
*

* Praia do Gunga, um paraíso no litoral alagoano

Praia do Gunga: Bela paisagem, praia calma, artesanato...
Viagem de Jaorish à Praia do Gunga – AL dia 9 de novembro de 2008. Várias cenas da praia e entrevista com artesãs do Mirante da Praia do Gunga.
A praia do Gunga fica localizada 33Km ao sul de Maceió - AL

Veja as belezas deste recanto do litoral alagoano neste clipe da nossa reportagem:

video

*

* RESUMO NOTÍCIAS PRINCIPAIS JORNAIS 05/05/2009

O Globo
Manchete: Fim de nepotismo na Infraero abre crise entre aliados de Lula
PMDB reclama de demissões na estatal e ameaça retaliar no Congresso
Uma medida moralizadora adotada na Infraero contra indicações políticas abriu uma crise com o principal aliado do governo Lula, o PMDB. Um novo estatuto torna obrigatório que quatro das cinco vagas da diretoria da Infraero sejam preenchidas por funcionários de carreira. Os cargos comissionados foram reduzidos a 12 - hoje são 109 - e 28 pessoas, demitidas. Recebidos por Lula, líderes do PMDB alertaram que as mudanças podem provocar derrotas no Congresso e prejudicar a aliança com o PT em torno da candidatura da ministra Dilma Rousseff. Demissões anunciadas, como a de Mônica Azambuja, ex-mulher do líder do PMDB, deputado Henrique Eduardo Alves, foram suspensas. (págs. 1 e 3)
Nova investigação no Senado
O Ministério Público Federal abriu uma nova investigação contra o ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi, para apurar, agora, se ele recebeu propina de um banco, quando exercia o cargo. (págs. 1, 4 e Luiz Garcia)
Cancelada a visita do presidente do Irã à AL
O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, cancelou em cima da hora a visita que faria ao Brasil, à Venezuela e ao Equador. Ele teria amanhã, com o presidente Lula, uma reunião que já gerava protestos e constrangimentos. O motivo da desistência seria o fato de Ahmadinejad estar perdendo terreno na campanha para a eleição de 12 de junho, na qual tentará novo mandato. Ontem, ele foi criticado pelo principal líder do Irã, o aiatolá Ali Khamenel, o que enfraqueceu sua posição. Um encontro de 200 empresários brasileiros e iranianos está mantido para hoje. (págs. 1, 26 e Míriam Leitão)

Charge Chico
- Ah, Ahmadinejacá não vem...- Alá é grande!!!
MST vende lotes de assentamento
Sem-terra ligados ao MST estão vendendo ilegalmente lotes em áreas de assentamento destinadas à reforma agrária no Rio Grande do Sul. A Justiça mandou despejar as pessaas que estão vendendo as terras, e, o Incra vai retomar os lotes. (págs. 1 e 5)

China e EUA fazem Bovespa subir 6,59%
O crescimento da China e as vendas de imóveis nos EUA fizeram a Bolsa subir 6,59%, maior alta desde janeiro. O dólar caiu para R$ 2,13. (págs. 1 e 19)
No 1º trimestre, o lucro do Bradesco foi de R$ 1,723 bi, 18% menor que em 2008. (págs. 1 e 21)

México reclama de xenofobia e discriminação
O México protestou na ONU contra o que considera xenofobia e discriminação contra seus cidadãos, que são mantidos em isolamento forçado em países como a China, mesmo sem sintomas de gripe suína. O país começa a voltar à normalidade. (págs. 1 e 25)

Espanhol teria espionado visita do COI (págs. 1 e 13)

------------------------------------------------------------------------------------
Folha de S. Paulo
Manchete: Crise piora perfil da exportação brasileira
Saldo comercial cresce, mas produto básico vende mais que manufaturado
A balança comercial brasileira fechou o primeiro quadrimestre de 2009 com saldo de US$ 6,7 bilhões, alta de 49,4% ante o mesmo período de 2008. Em abril, ela ficou positiva em US$ 3,7 bilhões - o melhor desempenho nos últimos 11 meses.
Os dados do mês passado, porém, também mostram que o Brasil exportou mais produtos básicos (como metal e soja) que manufaturados; em um ano, sua participação na pauta de exportações passou de 33% a 45%. Para exportadores, o dado indica uma volta ao perfil do comércio exterior na década de 80, com predomínio da venda de matérias-primas. (págs. 1 e B1)
México retoma rotina após surto de gripe
Com sinais de que o surto da gripe A (H1N1), ou gripe suína, entrou em declínio no México, o governo anunciou a retomada das aulas e a reabertura de restaurantes, informa Flávia Marreiro. Bares, boates e cinemas, no entanto, seguirão fechados. Segundo o governo mexicano, foram confirmados 727 casos e 26 mortes. Crianças e jovens de até 19 anos são os mais atingidos. Segundo a Organização Mundial de Saúde, há 1.085 casos em 21 países -entraram na lista Colômbia, Portugal e El Salvador. O Brasil prevê gastos de R$ 141 milhões na prevenção. (págs. 1 e A12)
João Pereira Coutinho: Andamos há muito tempo a fantasiar a nossa destruição (págs. 1 e E12)

Foto legenda: Natureza morta
Árvore derrubada na zona sul de SP por fortes rajadas de vento, com velocidade acima de 90 km/h, que atingiram o Estado ontem; as chuvas no Nordeste desde abril já afetaram 128 mil pessoas só no Maranhão, que o presidente Lula deve sobrevoar hoje (págs. 1 e C4)

Pagamento a deficientes e idosos supera o Bolsa Família
O Benefício de Prestação Continuada, criado para garantir um salário mínimo mensal a deficientes e idosos de famílias pobres, superou o Bolsa Família como programa de transferência de renda do governo federal.
Em 2008, foram gastos R$ 13,8 bilhões (equivalentes a 0,48% do PIB) com o BPC e R$ 10,6 bilhões com o Bolsa Família. Auditoria do Tribunal de Contas da União viu indícios de irregularidades em 10% dos benefícios, que estão sendo pagos a donos de carros e empresas. (págs. 1 e A4)

Sem explicação, presidente do Irã desmarca visita ao Brasil
Após informações desencontradas, o governo do Irã cancelou a visita do presidente Mahmoud Ahmadinejad à América do Sul. Ele chegaria amanhã a Brasílía.
Não foi dada explicação para a decisão, que Brasil e Irã chamam de "adiamento" para depois da eleição, em junho, pela qual Ahmadinejad tentará se reeleger. O Itamaraty nega que o cancelamento tenha relação com protestos no país contra o iraniano, que questiona o Holocausto e defende o fim de Israel. (págs. 1 e A14)

Governo muda classificação e censura documentos históricos
Em 2005, mudança sigilosa tornou "ultrassecretas" atas do extinto Conselho de Segurança Nacional; segundo a Presidência, o veto respeita a lei. (págs.1 e A6)

Foto legenda: Euforia nos mercados
Operador da Bolsa de SP com camisa do Corinthians, campeão paulista; Bovespa registrou alta de 6,59% devido à valorização internacional das commodities, e o dólar caiu 2,34%, para R$ 2,13 (págs. 1 e B3)

Editoriais
Leia "Retórica no MEC", acerca dc mudanças no ensino médio; e "Doações ocultas", sobre norma para eleições. (págs. 1 e A2)
------------------------------------------------------------------------------------
O Estado de S. Paulo
Manchete: Presidente do Irã decide cancelar visita ao Brasil
Ahmadinejad usa eleição local para desmarcar criticado encontro com Lula
O presidente do irã, Mahmoud Ahmadinejad, desistiu da visita oficial que faria ao Brasil nesta quarta-feira. Em mensagem ao presidente Lula, a quem chamou de amigo, Ahmadinejad pediu que o compromisso fosse remarcado para depois da eleição presidencial iraniana, em junho. Nos bastidores, funcionários brasileiros dizem que a visita foi cancelada. O desfecho resolve um problema diplomático que o Brasil vinha enfrentando por causa da decisão de receber Ahmadinejad - que questiona o Holocausto e defende o fim de Israel. O iraniano reafirmou suas posições em recente reunião da ONU, e o Brasil emitiu nota discordando dele, o que irritou Teerã. Formalmente, o Itamaraty diz que o Brasil continua interessado no encontro entre Ahmadinejad e Lula e que o País quer ampliar o comércio com o Irã. (págs. 1, A11 e A12)
Frase"Estamos interessados na visita. Continuamos interessados." Roberto Jaguaribe Secretário-geral de assuntos políticos do Itamaraty
Bovespa passa dos 50 mil pontos e causa surpresa
Índice subiu 6,59% em um dia; analistas não esperavam que retomada ocorresse tão cedo
O Ibovespa subiu ontem 6,59% e fechou pela primeira vez acima de 50 mil pontos desde setembro do ano passado, quando o banco Lehman Brothers quebrou nos EUA, reforçando a perspectiva de crise. Desde 27 de outubro, quando o Ibovespa atingiu o menor nível dos últimos anos - 29.435 pontos -, até ontem, o avanço chega a 71,23%. Havia a perspectiva de o Brasil ser dos primeiros na retomada, mas ninguém apostava em altas tão expressivas em tão pouco tempo. (págs. 1 e B3)
China prevê crescimento de 7% Estimativa de grupo ligado ao governo indica que a China crescerá 7% no segundo quadrimestre. O relatório diz que a economia do país ainda não está sólida o bastante para se estabilizar. (págs. 1 e B8)
Foto legenda: Euforia – No pregão da BM&F, operador trabalha com a camiseta do Corinthians; investidores estrangeiros reforçam aposta no Brasil
Tolerar fumo pode levar ao fechamento por um mês
A lei antifumo aprovada pela Assembleia Leglslativa será sancionada nesta semana pelo governador José Serra, acompanhada de regulamentação que prevê punição rígida para estabelecimentos comerciais. Além de multa, lojas, bares, restaurantes, danceterias e shoppings que não eliminarem o cigarro poderão, em caso de reincidência, ter o funcionamento suspenso por até um mês. (págs. 1 e C1)

Mesmo em queda, lucro do Bradesco fica em R$ 1,7 bi
A crise econômica fez o lucro do Bradesco cair 9,6% no primeiro trimestre de 2009, na comparação com o mesmo período de 2008. Ainda assim, o banco lucrou R$ 1,723 bilhão - o que representa um avanço qe 7,4% em relação ao último trimestre de 2008. De acordo com o banco, houve desaceleração na concessão de empréstimos, alta da inadimplência e, por tabela, das provisões para cobrir créditos de retorno duvidoso. (págs.1 e B6)

Senado limita investigação de denúncia de corrupção
A cúpula do Senado deflagrou operação para abafar as denúncias de João Carlos Zoghbi, ex-diretor de RH da Casa, e de sua mulher, Denise. O casal apontou suposto esquema de corrupção nos contratos do Senado. A investigação será feita pela Polícia Legislativa, sem participação da Polícia Federal e do Ministério Público. (págs. 1 e A4)

Saúde pede R$ 141 milhões para ações contra gripe
O Ministério da Saúde pediu reforço de R$ 141 milhões para ações de prevenção e controle da gripe suína. O dinheiro deverá ser usado, entre outras finalidades, em publicidade e construção de salas de controle nos portos. Ontem, o ministério elevou de 15 para 25 o número de pessoas com suspeita de ter contraído a doença. (págs. 1 e A15)

Viagem & Aventura: Férias sem fila e sem mau humor
Veja roteiro para aproveitar sua visita a cartões-postais sempre lotados. Planejamento é palavra de ordem para evitar contratempos. (pág. 1)

Notas & Informações: Mercosul bolivariano
O Brasil nada ganhará se a Venezuela entrar agora no Mercosul, mas poderá perder muito se sua diplomacia comercial ficar na dependência dos humores e dos interesses políticos de Hugo Chávez. (págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Brasil
Manchete: Uma gripe de R$ 141 milhões
Verba será para ações preventivas. País já tem 25 casos suspeitos
O governo federal anunciou ontem verba extra de R$ 141 milhões para intensificar as ações de prevenção à gripe suína (H1N1) no Brasil. A decisão é do Grupo Executivo Interministerial (GEI), composto por membros da Presidência da República, da Casa Civil e de sete ministérios. A verba será aplicada em ações como publicidade, intensificação de diagnósticos, instalação de salas especiais de monitoramento em portos, entre outras medidas. O anúncio da liberação da verba deu-se no dia em que o número de casos suspeitos da doença no Brasil subiu de 15 para 25, segundo o Ministério da Saúde. Prefeitura e governo do Rio anunciam hoje seus pacotes antigripe. (págs. 1 e Vida, Saúde e Ciência A23 e A24)

Sinais de retomada nos EUA
Consumo e venda de imóveis confirmam reação
Apesar da retração significativa do PIB no primeiro trimestre - 6,1% em relação ao trimestre anterior - a economia dos EUA começa a exibir sinais de recuperação. Reaquecimento nas vendas de imóveis, aumento da confiança do consumidor e melhoria nos números da indústria são alguns dos indicadores que apontam um cenário mais estável no epicentro da crise financeira internacional. (págs. 1 e Tema do Dia A2 a A4)

União política impressiona COI
Inspetores do Comitê Olímpico Internacional deixaram o Rio impressionados com o comprometimento de políticos de todos os níveis pela candidatura a sede da Olimpíada de 2016. (págs. 1 e Esportes D3)

A síndrome dos cortes salariais
Fala-se muito dos sinais de recuperação na econornia americana, e há, de fato, indícios de que o declínio pode, enfim, se estabilizar. Mas a taxa de desemprego provavelmente continuará subindo. (págs. 1 e Tema do Dia A4)

Presidente do Irã não virá ao Brasil
A visita do presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad ao Brasil foi cancelada. Ele enviou carta ao presidente Lula, segundo a qual o adiamento se deve a "compromissos internos". Organizações judaicas e de homossexuais haviam feito protestos pela visita. (págs. 1 e Internacional A21)

Bahia tem mais anabolizantes
Pesquisa da Fiocruz mostra que 15% dos jovens baianos entre 18 e 35 anos fazem uso de anabolizantes - sendo 21% só entre os homens. Arritmia cardíaca, trombose e infarte do miocárdio são alguns dos efeitos colaterais do uso inadequado dessas substâncias. (págs. 1 e País A5)

------------------------------------------------------------------------------------
Correio Braziliense
Manchete: R$ 141 mi contra a gripe
O combate ao vírus influenza A (H1N1) recebeu um reforço no caixa. O governo federal vai liberar, por medida provisória, R$ 141 milhões para ações contra a doença que contabiliza 25 casos suspeitos. O dinheiro será aplicado em campanhas e na instalação de postos de monitoramento. DF registra terceira possível vítima. (págs. 1 e Tema do Dia, 18 a 21)

Presidente do Irã cancela visita ao Brasil (págs. 1 e 22)

Senado encontra mais sujeiraAuditoria revela indícios de superfaturamento em contratos assinados pelo ex-diretor-geral Agaciel Maia e pelo ex-primeiro-secretário Efraim Morais (DEM-PB). (págs. 1 e 2)

Dia sem crise tem alta de 6% na bolsa
Mais confiantes, investidores do mundo inteiro voltaram às compras no mercado de ações. Em Nova York, houve alta de 2,8%. A Bovespa subiu 6,5%. (págs. 1 e 12)

Crédito para construção facilitado
Caixa Econômica Federal sobe para R$ 4,9 mil o limite de renda para o Construcard. Prazo também cresceu. (págs. 1 e 14)
Mudanças no ensino médio em 2010 (págs. 1 e 11)
------------------------------------------------------------------------------------
Valor Econômico

Manchete: Mercado vive bom momento para títulos de dívida e ações
Há cerca de duas semanas, os títulos da dívida externa de empresas e bancos brasileiros no exterior estão em um "rali" de preços. Ontem, essa tendência cresceu em meio ao otimismo nos mercados financeiros. Os investidores ampliam a cada dia a demanda por papéis corporativos, que ainda pagam rendimentos atrativos, mas agora são percebidos como de baixo risco.Papéis do BNDES com vencimento em 2018, no total de US$ 1 bilhão, tiveram alta de preço de mais de 5% desde o dia 20, para 98% do valor de face. Títulos emitidos em abril pela Telemar Norte Leste e pela Odebrecht também tiveram valorização forte, de 6% e 8%, respectivamente. Até papéis de bancos médios e frigoríficos têm atraído interesse. (págs. 1, C1, C2, C4, D1 e D2)
Congresso quer retomar função 'perdida' ao TCU
Levantamento do Tribunal de Contas da União mostra que os empreendimentos afetados por suas avaliações no ano passado somavam R$ 2,8 bilhões e implicaram em 81 licitações suspensas, 41 repasses de recursos bloqueados e 48 obras federais com paralisação recomendada. Esse balanço indica que a "migração" de lobistas do Congresso Nacional para o TCU não surtiu o efeito esperado. Com isso, as empresas passaram a pressionar para que o Congresso retome a iniciativa de fiscalização das obras federais. A Frente Parlamentar em Defesa da Infraestrutura Nacional, que reúne mais de 220 congressistas, apresentará um estudo comparativo que mostra o Brasil como caso singular de exacerbação das atividades do Tribunal em relação ao Poder Legislativo. (págs. 1 e A12)

Marfrig e Bertin abrem negociações
Problemas conjunturais do setor de carne bovina, agravados pela crise, levaram os grupos Marfrig e Bertin a negociações sobre uma possível fusão patrocinada pelo BNDES, apurou o Valor. As empresas estão bastante alavancadas após um período de crescimento por meio de aquisições e fecharam o ano passado com perdas. O negócio exigiria a participação do BNDES - o BNDESPar já participa do capital das duas empresas: 26,9% do Bertin e 14,66% do Marfrig. Procurados, o Marfrig disse que "não comenta rumores de mercado" e o Bertin negou que haja conversações. (págs. 1 e B12)
Foto legenda: Expansão dos horizontes
Com lucro recorde no 1º trimestre, a fabricante cearense de massas e biscoitos M. Dias Branco prepara-se para sofisticar seus produtos, diz Ivens Dias Branco Júnior (pág. B4)

Infosys, da Índia, terá filial no Brasil
A Infosys, segunda maior companhia de serviços de tecnologia da Índia, prepara-se para desembarcar no Brasil. A empresa acerta os últimos detalhes para abrir as portas de uma subsidiária e o início das operações deve ocorrer sem a aquisição de uma empresa local, apurou o Valor. A informação foi confirmada por Humberto Andrade, responsável pelo desenvolvimento de estratégias de terceirização da Infosys nos EUA. (págs. 1 e B3)
Rodovia muda vida na fronteira com Peru
A rodovia interoceânica sul, que vai criar um corredor de 1,5 mil quilômetros entre a fronteira do Brasil com o Peru e o porto de San Juan de Marcona, próximo a Lima, no Pacífico, começa a mudar a paisagem e a economia da região. No Peru, a expectativa é que a rodovia, um investimento de US$ 1,8 bilhão, estimule a integração com o Brasil e entre as regiões do país que vivem isoladas em razão das péssimas condições da estrada de terra. Para o presidente regional de Cuzco, Hugo Sayán, além de facilitar a exportação agrícola brasileira e estimular investimentos na região, a rodovia terá um "efeito multiplicador" sobre o turismo. Cuzco recebe 1,6 milhão de turistas estrangeiros por ano. (págs. 1 e B7)
Matança de porcos vira crise religiosa
O Egito continuou ontem com o plano de sacrificar todos os porcos do país, por causa dos temores crescentes de que os animais, considerados impuros pela religião islâmica, possam causar uma epidemia de gripe suína. As autoridades do país, onde a maioria da população é muçulmana, dizem que como medida de saúde pública pretendem sacrificar os cerca de 250 mil porcos criados pela minoria cristã, apesar do consenso científico internacional de que os animais não podem contaminar os humanos.
O que deveria ser uma vigorosa resposta ao temor mundial da gripe suína acabou ressaltando falhas na política de saúde pública e transformando-se em motivo de tensão religiosa. Veterinários do governo visitaram bairros cristãos ontem para marcar os animais para abate, um processo que pode demorar um ano diante da falta de abatedouros autorizados pelas lideranças religiosas a sacrificar os animais. (págs. 1 e 9)

City de Londres teme 'esvaziamento' com rigidez da fiscalização financeira (págs. 1 e C3)

Múltis brasileiras, como a WEG, comandada por Schmelzer, postergam projetos no exterior (págs. 1 e A4)

Comércio exterior
A balança comercial brasileira encerrou abril com superávit de US$ 3,712 bilhões; o melhor resultado mensal desde maio de 2008. No acumulado do ano, o saldo somou US$ 6,722 bilhões, o que representa uma alta de 50% frente ao mesmo período de 2008. (págs. 1 e A4)

Menos investimento
O investimento da indústria em máquinas e equipamentos caiu no primeiro trimestre. As liberações do BNDES na linha Finame, excluidos ônibus e caminhões, somaram R$ 1,4 bilhão no período, queda de 3,3% em relação ao primeiro trimestre de 2008. (págs. 1 e A5)

Hora de crescer
Criada em 1936, a grife italiana de relógios de luxo Panerai foi comprada pelo grupo Richmont em 1993 e agora aposta na América Latina para crescer. Recentemente, abriu sua primeira loja em Buenos Aires e planeja mais duas unidades no Brasil, diz Angelo Bonati. (págs. 1 e B6)
Terminal de veículos
A Santos Brasil, empresa que explora provisoriamente o Terminal de Veículos do Porto de Santos (TEV), quer mudanças no edital de licitação da área para garantir que seja ressarcida de seus investimentos caso não vença a disputa. As propostas deverão ser conhecidas dia 18. (págs. 1 e B7)

Corrida de obstáculos
O plano da Fiat de construir uma montadora europeia gigante com a Chrysler e a Opel, unidade alemã da GM, começou a enfrentar obstáculos no governo alemão e de credores da Chrysler, insatisfeitos com os termos da reestruturação. (págs. 1 e B7)

Suco em alta
As cotações do suco de laranja voltaram a subir em Nova York e alcançaram o maior preço desde outubro de 2008, puxadas por compras de especuladores, pela estiagem na Flórida e por pressões para imposição de sobre tarifas à Citrovita nos EUA. (págs. 1 e B11)
Eisa quer a Carmo Coffees
A Empresa Interagrícola (Eisa), tradicional trading de algodão e café no Brasil, que pertence aos irmãos Esteve, negocia a aquisição do controle da Carmo Coffees, uma das principais produtoras de cafés especiais do país. (págs. 1 e B12)

O futuro dos 'hedge funds'
Apesar das perdas superiores a US$ 450 bilhões com a crise financeira, o setor de "hedge funds" deve alcançar US$ 2,6 trilhões em cinco anos. Antes, terá de aumentar a transparência e a liquidez. (págs. 1 e D3)

Ideia
Václav Klaus: o segredo da redução nas emissões de carbono foi o declínio econômico e não políticas de contenção. (págs. 1 e A11)
------------------------------------------------------------------------------------
Gazeta Mercantil
Manchete: Fabricante local domina mercado de PCs no País
A indústria de computadores no Brasil é uma das raras no mundo em que os fabricantes locais detêm uma participação invejável. Das 11,8 milhões de unidades produzidas no País em 2008 — também incluídos nesta conta os equipamentos portáteis —, os integradores brasileiros são responsáveis por fabricar 77%, informam os relatórios da International Data Corporation (IDC). E, segundo a consultoria, quem lidera a produção de computadores há quatro anos é a brasileira Positivo Informática, dezenas de milhares de unidades mensais à frente de marcas internacionais como as americanas Dell e HP.
E, ainda que a crise internacional tenha atingido em cheio o crédito ao consumidor final e, por tabela, as vendas no varejo, a expansão do mercado nacional em 2008 foi de 10,6%. Nesse ritmo, a IDC estima que, até 2010, o País conquistará a 3ª posição entre os fabricantes mundiais de computadores. (págs. 1, C1 e C2)

Saldo da balança comercial reage e fecha abril com US$ 3,7 bilhões
A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 3,7 bilhões em abril, mais que o dobro do resultado do mês anterior, que ficou em US$ 1,772 bilhão. O desempenho robusto foi o melhor registrado desde maio de 2008. Para Welber Barral, secretário do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), o número demonstra uma retomada na comparação com o início do ano. Com o desempenho de abril, o superávit comercial acumulou US$ 6,7 bilhões no primeiro quadrimestre do ano. Este valor representa aumento de 49,44% em comparação com o saldo de US$ 4,498 bilhões apurado no período de janeiro a abril do ano passado. (págs. 1 e A7)

Foto legenda: Cérebros brasileiros
Não é à toa que a GM do Brasil está entre as mais rentáveis do grupo no mundo. Comandada por José Eugênio Pinheiro, vice-presidente de manufatura da América Latina, África e Oriente Médio (Laam), exporta cérebros para ensinar os métodos que fizeram a filial ganhar 150 mil carros a mais por ano. (págs. 1 e C9)

Emplacados 902 mil veículos em 4 meses
A indústria automobilística garantiu no quadrimestre seu segundo melhor resultado de vendas, com o emplacamento de 902.688 veículos — apenas 6.507 unidades a menos se comparado com o mesmo período recorde de 2008.Nos 19 dias úteis de abril, as vendas registraram 234.426 unidades. “Com a redução do IPI, promoções e menor taxa de juros, o setor enfrenta a crise mundial, com boas vendas no mercado nacional”, afirmou Wilson Rocha, diretor de vendas e engenharia da TRW Automotive. (págs. 1 e C8)

Bradesco lucra R$ 1,72 bilhão no trimestre
O lucro líquido ajustado do Bradesco, segundo maior banco privado do País, caiu 9,6% no primeiro trimestre, alcançando R$ 1,72 bilhão. A queda é reflexo da desaceleração da atividade econômica, que impactou a demanda por crédito e aumentou os índices de inadimplência, disse o vice-presidente do banco, Milton Vargas. A área de seguros foi bem e respondeu por 38% dos ganhos do Bradesco, que, contudo, está revendo para baixo suas previsões de aumento no crédito e reduzindo planos de expansão. (págs. 1 e B1)

Euforia faz Bolsa superar 50 mil pontos
As expectativas de que o pior da crise global pode ter ficado para trás ganharam força ontem e trouxeram os investidores de volta às bolsas. Embalada por números positivos em relação à retomada da produção industrial chinesa e de dados considerados otimistas do setor de construção norte-americano, a Bolsa brasileira teve a segunda maior alta do ano. O Ibovespa subiu 6,59%, finalizando o dia aos 50.404 pontos. Foi a primeira vez desde 26 de setembro que a Bolsa local ultrapassa a barreira dos 50 mil pontos. Naquela ocasião, o índice chegou a bater os 50.782 pontos. O giro financeiro da sessão de ontem somou R$ 7,2 bilhões, maior volume desde 8 de outubro se não forem levados em consideração pregões em que há exercício de compra e venda de opções. No ano, o índice brasileiro já acumula ganhos superiores a 34%.
O movimento teve reflexos positivos sobre as ações de empresas ligadas a matérias-primas e construção civil. “Os investidores estrangeiros voltaram com força. A Bovespa foi o destaque entre as principais bolsas do mundo. A alta das empresas de commodities tem relação direta com os dados da recuperação chinesa”, afirma Nicholas Barbarisi, sócio e diretor de operações da Hera Investment. (págs. 1 e B4)

Santelisa propõe pagar cana até março de 2010
Após o anúncio de acordo com a Louis Dreyfus Commodities (LDC), a Santelisa Vale, segunda maior companhia sucroalcooleira do País, corre contra o tempo para em até 60 dias concluir a renegociação dos cerca de R$ 2,8 bilhões de dívidas. A condição deve ser atendida, sob pena de não ser concluída a incorporação pela multinacional francesa. A Santelisa não comenta a que ritmo segue a negociação com bancos. Mas alguns fornecedores de cana estão tentando impor resistência à proposta feita pela companhia, que quer parcelar em cinco vezes o que deve da safra passada, com pagamento da primeira em julho e da última, em março de 2010.
A empresa informou que a proposta foi elaborada com base em sua capacidade de geração de caixa, independentemente de terceiros, ou seja, da entrada efetiva da LDC no negócio. “Já há adesão suficiente para garantir o fornecimento de 60% da cana-de-açúcar que deve ser moída”, afirmou a companhia. (págs. 1 e B11)

PE terá projetos educacionais de Thornburg
O norte-americano David Thornburg, um dos personagens mais influentes da história recente da educação e desenvolvimento tecnológico, está se sentindo atraído pelo Estado de Pernambuco. Diretor-executivo do Thornburg Center, em Chicago, o educador vem ao Brasil implementar projetos educacionais. “As oportunidades são incríveis”, afirma, impressionado com as estimativas da geração de 250 mil a 400 mil empregos no estado nos próximos anos. (págs. 1 e C5)

ComunicaçãoLei específica de imprensa divide opiniões (págs. 1 e C10)
InvestimentosJuros e inflação baixos tornam atrativas ações de emergentes, diz Mark Mobius (págs. 1 e B4)

Negócios
Fusões e aquisições recuam 59% no ano (págs. 1 e B3)

Restituição do IR de férias
O Fisco informou que para ter direito à restituição do Imposto de Renda de férias vendidas nos últimos quatro anos, o contribuinte terá que apresentar retificação. (págs. 1 e A11)

Empréstimo do BNDES à Comgás
O BNDES aprovou empréstimo de R$ 669 milhões para a Comgás expandir a sua rede de distribuição. O valor equivale a 45% do plano de investimentos da empresa. (págs. 1 e C3)

Gripe suína ultrapassa 1.000 casos
A OMS divulgou ontem 1.085 casos confirmados da gripe A (H1N1) em todo o mundo. Já a AFP computou junto aos países afetados 1.238 ocorrências, das quais 27 fatais. (págs.1 e A14)

Projeção de queda menor do PIB
Os economistas consultados pelo Banco Central reduziram pela segunda vez consecutiva a projeção de queda do PIB para 2009. A aposta agora é de retração de 0,30%. (págs. 1 e A5)

Opinião: Paul Krugman
O risco de os Estados Unidos se converterem no Japão — e enfrentarmos anos de deflação e estagnação — parece, na verdade, crescer. (págs. 1 e A14)

Opinião: Marcos Cintra
Os encargos sociais, que tanto prejudicam a competitividade das empresas brasileiras, deveriam ser suportados por toda a sociedade. (págs. 1 e A3)
Opinião: Eduardo Oinegue
Com transmissão ou não pela TV dos julgamentos do STF, o verdadeiro desafio da Justiça é a morosidade, que atravanca o Brasil. (págs. 1 e A3)

------------------------------------------------------------------------------------
Estado de Minas
Manchete: Receita arma arapuca para contribuinte
O fisco embolsou indevidamente dos trabalhadores R$ 2 bilhões de Imposto de Renda referentes à venda de 10 dias de férias. Poderia devolver o dinheiro simplesmente depositando-o na conta de cada um. Em vez disso, decidiu criar dificuldades. Instrução que será publicada hoje pela Receita torna mais complicado pedir a restituição. O interessado terá de baixar programas do IR de 2005 a 2008 e fazer retificações uma a uma. Quem cobrar o valor de volta, alertam tributaristas, corre o risco de cair na malha fina. (págs. 1 e 11)

Como o dinheiro do PAC vai parar no buraco
Erros grosseiros de projeto estão obrigando Sete Lagoas, na Região Central do estado, a enterrar R$ 2,4 milhões de verba federal numa obra que poderia ter custado um terço do valor. Segundo o atual gerente do PAC na cidade, Geraldo Guaraci, o interceptor de esgotos do Bairro Vale Ondina (foto) vinha sendo construído a 13 metros de profundidade, quando poderia ficar a apenas quatro metros da superfície. Como 95% dos trabalhos já foram executados, a prefeitura deciciu concluí-los. Mas outros projetos do PAC serão revistos. (págs. 1 e 5)
Mercado dá folga à crise
Boas notícias dos EUA e da China, onde a atividade industrial voltou a crescer, além do retorno de investidores estrangeiros, tiveram forte impacto na Bovespa. A alta foi de 6,59%, chegando ao patamar de 50 mil pontos, maior nível desde setembro. O dólar caiu e fechou a R$ 2,12. (págs. 1)

Gripe suína: País prepara plano contra pandemia
Representantes de nove ministérios discutiram ações mais rigorosas. Passageiros vindos do México reclamaram da falta de fiscalização em Confins. (págs. 1, 22 e 23)

Minas Gerais: TSE mantém cassação de deputada
Tribunal derruba liminar que mantinha a deputada estadual Maria Lúcia Mendonça no cargo, mas saída deve levar 30 dias. Ela é acusada de usar caixa 2. (págs. 1 e 7)

Fiat negocia a compra da Opel com governo alemão (págs. 1 , 12 e 13)

Pizza no Senado: Desmandos administrativos devem ficar sem apuração (págs. 1 e 3)

Trânsito lucrativo: Maioria acha que BHTrans multa para ganhar dinheiro (págs. 1, 19 e 20)

------------------------------------------------------------------------------------
Jornal do Commercio

Manchete: A poupança na mira
Queda na Taxa Selic deixou caderneta de poupança mais rentável do que muitos investimentos de renda fixa e governo prepara mudanças para evitar a migração dos grandes investidores. Em ano pré-eleitoral, politização do tema já começou. (pág. 1)

Estado monitora outro caso da gripe
Moradora de Jabotão, que voltou dos EUA e apresentou sintomas da doença, é a segunda pessoa acompanhada pela Secretaria de Saúde. (pág.1)

Em tempos difícies, bolsas vivem dia de euforia pelo mundo (pág.1)

Receita define regra para devolver o IR sobre dias de férias (pág.1)
Balanço da PRF (pág.1)

------------------------------------------------------------------------------------

* Marquinhos Cabral em estúdio terminando gravação do novo CD!


O CD VIVA O CONGRESSO NACIONAL, lançado ano passado por Marquinhos Cabral, revelou um novo poeta em Palmares: Genésio Cavalcanti. Genésio da Farmácia Permanente!


E os poemas de Genésio (foto acima, um talentoso poeta, humilde guardando há anos suas obras, finalmente decidiu partilhar com os admiradores da arte de boa qualidade) musicados por Zé Linaldo (foto abaixo) fazem do disco uma obra ímpar na Cultura Regional, retratando nossas expressões musicais e como voz do nosso povo sofrido. Além disso, canções românticas.


Marquinhos Cabral (foto abaixo) está em estúdio de gravação preparando novo CD que promete novas surpresas. Disse que participarão do CD os artista Zé Ripe, Simone Cobra, entre outras parcerias. Aguardamos ansiosamente mais um conjunto de obras honrando as tradições da nossa terra quilombola!

Veja clipes com músicas do CD anterior, intitulado "Viva o Congresso Nacional", de Marquinhos Cabral:

video


video

video


MÚSICAS DE ENGAJAMENTO E CRÍTICA BEM ELABORADA NO CD DE MARQUINHOS CABRAL

LEIA MAIS SOBRE OS ARTISTAS CLICANDO AQUI

*